Ione Rubra Rosa Poesia e Sentimento

 

"As Muralhas que eu puder, eu mesma derrubo. As que eu não puder, Deus põe no chão por mim!"



Textos


DESPOJADA
 
 
E naquele instante despojada de tudo e todos que amava, sentiu-se vazia e imersa em solidão. Mas no seu coração, a esperança negava-se  a morrer. Ela era forte, guerreira e tinha fé que dias melhores e felizes ainda chegariam.
 
Ione Rubra Rosa – 21-11-12

Imagem Google

Ione Rubra Rosa
Enviado por Ione Rubra Rosa em 21/11/2012
Alterado em 21/11/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras