Ione Rubra Rosa Poesia e Sentimento

 

"As Muralhas que eu puder, eu mesma derrubo. As que eu não puder, Deus põe no chão por mim!"



Textos


AINDA BEM...
 


Ainda bem...
Que aprendemos a nos entender.
A lidar com nossas dores,
Feridas e cicatrizes.
 
Ainda bem...
Que o ciúme amenizou,
Aprendeu a compreender e aceitar.
Aprendemos o significado de “respeito”.
 
Ainda bem...
Amadurecemos,
Podemos falar de tudo,
Sem atritos desnecessários.
 
Ainda bem...
O sentimento sincero prevaleceu.
É maduro e consciente,
Doce e suave como a brisa,
E faz bem às nossas almas e corações.

Ione Rubra Rosa – 31-08-14
Imagens Google

 
Ione Rubra Rosa
Enviado por Ione Rubra Rosa em 31/08/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras