Ione Rubra Rosa Poesia e Sentimento

 

"As Muralhas que eu puder, eu mesma derrubo. As que eu não puder, Deus põe no chão por mim!"



Textos


TRIBUTO A BRUNO
 
 
Bruno era o nome dele.
Da família e amigos...
Companheiro.
Do amor foi concebido.
Foi filho, irmão, sobrinho,
Afilhado e neto.
Foi bênção.
Muito desejado,
Trouxe vida e alegria
Para os que com ele
Tiveram o privilégio de conviver.
Doce, sincero e verdadeiro,
Tinha muitos sonhos a viver.
Mas seu interior era tão iluminado,
Que Deus para céu o recrutou.
Sua partida foi muito triste
E a todos de surpresa pegou.
A cidade de Cosmópolis parou
E a ele reverenciou.
O coração de todos que o amavam...
Sangrou...
Mas numa linda estrela,
Ele se transformou.
Sua missão terrena terminou,
Mas no jardim de Deus...
Como um anjo de luz
Ele renasceu.
Na casa do Pai
Tem sua morada
E a todos que ama,
Ilumina e protege.


 Ione Rubra Rosa – 20/09/16
Imagens cedidas pelo amigo Dorival Pinto – ( Avô do Bruno)
Obrigada, Sheila Regina - ( Mãe do Bruno ) por autorizar a publicação.

 
Ione Rubra Rosa
Enviado por Ione Rubra Rosa em 20/09/2016

Música: Na Eternidade - Eyshylla

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras