Ione Rubra Rosa Poesia e Sentimento

 

"As Muralhas que eu puder, eu mesma derrubo. As que eu não puder, Deus põe no chão por mim!"



Textos


PELA PASSAGEM DE UMA GRANDE DOR


 
Vai! Vai logo!
Já vai tarde!
Doeu!
Sangrou!
Agonizei!
Mas estou aqui,
Firme!
Forte!
Pronta para viver...
As coisas boas da vida!
Vou continuar acreditando,
Confiando sempre.
Não vou chorar!
Não vou reclamar!
Sei que logo ali,
Há um jardim florido a me esperar!
Meus pêsames!
Quem morreu foi você!
Virou cinzas,
Pó!
E não fará a menor falta!
Na sua lápide o epitáfio:

Aqui jaz uma pobre alma,
Engolida por suas mentiras
! ”
 

Ione Rubra Rosa – 24/10/2016
Imagem Google

 
Ione Rubra Rosa
Enviado por Ione Rubra Rosa em 24/10/2016
Alterado em 24/10/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras