Ione Rubra Rosa Poesia e Sentimento

 

"As Muralhas que eu puder, eu mesma derrubo. As que eu não puder, Deus põe no chão por mim!"



Textos


FOI LÁ...
 

Casa feita de barro
Cobertinha de sapê
Chão de terra batida
Pilão, fogão de lenha
E um lindo e imenso quintal.
 
Animais  de diversas espécies
Conviviam feito irmãos
Era tantos sons diferentes,
Que agitavam o coração.
Traziam doces lembranças,
Que a gente não esquece, não!
 
O som do riacho correndo,
Parecia suave canção,
Que aquecia a alma da gente
E transbordava a emoção.

As cores se misturavam
Naquele pedacinho de chão.
Onde tudo era tão simples,
Mas repleto de vida e magia.
A moça que lá vivia,
Era sábia  e muito humilde.
Aprendeu que a felicidade,
Faz morada  na simplicidade.
 
 
E depois de conhecer o mundo,
Cheio de cobiça e ilusão,
Foi lá naquela casinha,
Feita de barro e sapê,
Que conheceu a alegria,
A verdade e o amor.
E até o fim  dos seus dias,
Foi lá que ela morou.
 
 
E em seus olhos...
Se via esperança,
Se via bondade,
Ternura, amizade
E um ser humano pleno de amor.
 
 
Ione Rubra Rosa – 03-07-2017
Imagem Google – presente da minha amada amiga e irmã Denise Mendonça.
 
 
 
 

 
 
 
 
Ione Rubra Rosa
Enviado por Ione Rubra Rosa em 03/07/2017
Alterado em 03/07/2017

Música: Tocando em Frente - Almir Sater

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras