Ione Rubra Rosa Poesia e Sentimento

 

"As Muralhas que eu puder, eu mesma derrubo. As que eu não puder, Deus põe no chão por mim!"



Textos


EMBRIAGADOS DE AMOR



Embrigadados de amor…
Fizeram juras secretas,
Trocaram carícias eletrizantes,
Beijos alucinantes,
Amaram-se como amantes
distantes e saudosos.


Embriagados de amor…
Exalaram desejo e tesão
por todos os poros.
Transbordaram sentimentos,
lágrimas e promessas.


Embriagados de amor…
Não viram o tempo passar,
A lua plena e brilhante chegar,
Não perceberam que a música parou de tocar.


Embriagados de amor…
Choraram na despedida,
Juraram se pertencer por toda a vida.
Prometeram-se que no próximo encontro...
Nada mais os separaria.

Ione Rubra Rosa – 10-08-2017
Imagem Google

 
Ione Rubra Rosa
Enviado por Ione Rubra Rosa em 10/08/2017
Alterado em 10/08/2017

Música: Tango to Evora - Loreena McKennit

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras