Ione Rubra Rosa Poesia e Sentimento

 

"As Muralhas que eu puder, eu mesma derrubo. As que eu não puder, Deus põe no chão por mim!"



Textos


O QUE ME DEIXA SÓBRIA

 
Ando sem rumo.
Sigo o caminho,
Que traçam os meus pés.
Alma sem destino
Vagando na imensidão.
Trilho caminhos desconhecidos
Sem me preocupar
Onde me levarão.
Vazio no peito,
Coração na contramão.
Sinto seu cheiro,
Seu perfume permanece.
Suas palavras ainda ecoam em meus ouvidos.
Sonho em te reencontrar,
Mas sei ser impossível.
E neste deserto em que hábito
Lembrar dos momentos vividos
Do seu sorriso tão largo e sincero
É o que me deixa sóbria
E não me permite enlouquecer.
 

Ione Rubra Rosa – 26/06/2019
Imagem Google

 
Ione Rubra Rosa
Enviado por Ione Rubra Rosa em 26/06/2019
Alterado em 26/06/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras